Repentistas em Recife – Foto: MCCarneiro

Denominado também de Cantoria, o Repente é um gênero musical que surgiu no Nordeste brasileiro no século XIX. É conhecido pelo improviso, pelos versos rimados e pelas disputas, que envolve dois repentista. As letras são criadas no momento da apresentação, de “repente”, daí a origem do termo Repente.

Os repentista geralmente recebem o tema da plateia e os versos são criados na hora. O gênero é muito comum no Nordeste do Brasil, sendo executado por dois cantores acompanhados por violas. Nos desafios de repentistas, cada um procura exaltar suas qualidades e desprezar seu adversário. As letras dos Repentes costumam ser rimadas, parecidas com os versos de Cordel e geralmente possuem um tom cômico.

Essa prática de criar versos improvisados remota à Idade Média, na Península Ibérica, onde dois ou mais músicos ou poetas conhecidos como “trovadores” participavam de desafios.

O Repente é arte, é poesia, é a verdadeira expressão cultural do povo nordestino.

Atualmente outros ritmos conhecidos pelo improviso vem ganhando destaque, como o hip-hop e o freestyle.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *