Inquietante, WandaVision é diferente de tudo já lançado no MCU
WandaVision (FOTO: Reprodução/ Marvel Studios / Disney)

Atenção! O texto a seguir contém spoilers.


Todo mundo reage de um jeito quando perde alguém que ama. Em WandaVision, vemos como Wanda Maxmoff (Elizabeth Olsen) tenta superar a perda do seu marido Visão (Paul Bettany).

Quando criança, Wanda perde os pais em um bombardeio que atingiu sua casa. Já crescida, ela perde seu irmão Pietro Maximoff (Aaron Johnson) quando eles se juntam com os vingadores para salvar Socovia de uma invasão de robôs comandada por Ultron. Seu irmão morre baleado tentando defender Clint, o gavião arqueiro (Jeremmy Rener), um dos membros dos vingadores. Depois de um tempo, Wanda entra para o time dos vingadores e conhece o seu futuro marido, visão. Foi ali, no complexo dos vingadores que Wanda e visão começam a se relacionar e criar um afeto um pelo outro. Tempos mais tarde, tentando salvar o mundo e defender a joia da mente de Thanos, Wanda outra vez sente a dor da perda, mas dessa vez, diferente das outras, Wanda sente essa dor como nunca sentiu antes.

Depois de sua volta no blip, Wanda vai a procura do visão na agência da S.W.O.R.D, e o encontra todo desmontado. Ela queria apenas se despedir dignamente do seu marido e foi impossibilitada de dizer nem um adeus. Antes do acontecido, ela tinha planejado toda sua vida vivendo ao lado dele. E se encaminha agora em direção para onde seria sua futura casa, e é lá onde tudo acontece. Em Westview, onde ela cria essa nova realidade e onde ela monta sua família e recria seu marido. Wanda cria Visão de uma Parte da joia da mente q vive nela, da tristeza e esperança e de uma memória tornada real.  E assim começa essa nova realidade.

 Em um formato de sitcom dos anos de 50, 60, 70, 80, 90 e 2000, vemos ela e sua família vivendo suas vidas nessa cidade, controlando tudo e todos em sua volta. Os primeiros episódios da série foram adaptadas para o formato de sitcom. O formato da tela de assistir se adapta a cada episódio proposto da época.  E as normas técnicas do set de filmagem, em relação a diálogos específicos em um sete de gravação. Mas tudo isso não foi atoa, “Tudo está nos detalhes”, e o que acontece dentro dessa realidade está tudo conectado com a Wanda, envolvendo com seus traumas, sentimentos, suas dores e suas perdas. Como nos comerciais de televisão dentro da série, que são lembranças do seu subconsciente que estão travadas pelos traumas em sua vida.

Em alguns momentos o visão dessa realidade atua como sua consciência,  como uma forma de não se perder nessa realidade que a criou. Nem ela tinha noção, controle do que acontecia e fazia. Às vezes ela tinha lapsos de memória e tomava consciência rapidamente sobre o que acontecia e em seguida retornava para o que estava fazendo.

Wanda, poderia ser a vilã da história, mas no decorrer dos episódios mostra-se que ela só foi mais uma vítima por tudo que aconteceu em sua vida. Ela foi “O problema e a solução”, ela que causou tudo que estava acontecendo, Reescrevendo a história, e só ela poderia reverter esse erro e voltar como era antes.

Mas quem estaria fazendo isso com  Wanda? Ela que controla tudo? Foram muitas teorias criadas em cima disso, e entre elas estavam que Wanda era controlada pelo demônio Mephisto, e existência de outros demônios do mundo Marvel na série. Durante toda sua temporada os fãs criavam teorias e debatiam nas redes sociais sobre elas. Mas Como vimos no decorrer de cada episódio “Nem tudo é o que parece ser.”

Desde sua primeira aparição na tela do cinema, em Vingadores: Era de Ultrom (2015), mostra-se o Crescimento e amadurecimento de Wanda, com os seus poderes e como pessoa. Ela teve que reprimir seus sentimentos para tentar confrontar essa realidade onde todas as pessoas que amavam estão mortas. Dessa atitude, de reprimir seus sentimentos e confusa por tudo que estava acontecendo em sua vida, ela cria o hex, um campo de energia em volta da cidade de Westview, onde a realidade ali dentro é moldada. A série é sobre luto, e vimos como o medo, o vazio, a raiva a dominou. A série fala sobre sua origem e como enfrenta uma luta contra ela mesma para enfrentar seus traumas, e sobre o que ela precisou passar e se entender para se transformar na feiticeira escarlate.

Tentando fugir de uma realidade onde todos que amam estão mortos ela cria a sua própria realidade, realidade essa, onde ela poderia viver uma vida nova, sem intervenções de ninguém e onde poderia começar sua vida todo do zero com sua família. E foi o que aconteceu. Mas pra isso acontecer ela precisou se entender, Aceitar e superar a perda para seguir seu caminho. Encarando toda sua verdade e finalmente se entendendo como feiticeira escarlate. Aprendendo com seu sofrimento, e aceitando sua verdadeira escuridão.

“No fim do episódio, você percebe que tudo isso foi um pesadelo, e nada disso foi real.” E que o que  passou continuará vivo dentro de você, e que a família que construiu, vai ser pra sempre.”

WandaVision estreiou dia 15 de janeiro, e seu último episódio foi ao ar dia 05 de março. Com direção de Matt Shakman e produção de Jac Schaeffer, Kevin Feige, Louis d’ Sposito, Victoria Alonso e Matt Shakman. Autores, Megan e Jac Schaeffer. Com Nove episódios com duração de 20 a 50 minutos com episódios semanalmente. WandaVision é primeira série da Marvel Studios dentro do Disney Plus, que fará Ligação nos próximos filmes do UCM. Veremos mais sobre Wanda Maxmoff em Doctor Stranger in the Multiverse Of Madness, estrelado por Benedict Cumberbatch, com previsão de estreia para 2022. A fase quatro da Marvel começou, e o que esperar das próximas produções?


Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *